en flag
zh flag
cs flag
fr flag
de flag
it flag
ja flag
pt flag
ru flag
es flag
tr flag
Voiced by Amazon Polly

JMJ

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Ó Senhor meu, quanto desejais a consolação daqueles a quem chamastes para a vossa Igreja; no entanto, parece que é daqueles de nós que chamastes pessoalmente ao vosso abraço que a dor mais significativa é causada ao vosso Santíssimo e Sagrado Coração. No entanto, nós criaturas imundas e humildes que Tu, na Tua Misericórdia infinita, tens, através da tua encarnação, paixão dolorosa e ressurreição gloriosa elevada para glória mais elevada do que até mesmo os teus anjos - uma recompensa à qual, sem o teu profundo amor, nós, pecadores miseráveis e infiéis, não poderíamos sequer ter aspirado - ofender-te mais de todos. Por que esquecemos nossa profunda dívida com você e nos afastamos do Seu Amor interminável apenas para buscar ganhos mundanos e prazeres carnais? Perdoe-nos, Senhor, pois somos apenas os mais fracos de suas criaturas e os mais incapazes de produzir qualquer bem. Em nossa fraqueza contra as tentações mundanas e as armadilhas do Diabo, somos completamente incapazes de resistir. Suas inclinações vis e depravadas, que Ele nos dá contra os usos sagrados e santificativos para os quais Você considerou que tudo era bom para nós, nos levam à ruína de nossas almas. O quanto a nossa volta de vós para o mundo deve sofrer o vosso Adorável e Abençoado Coração. Ainda assim, estes dos vossos servos, cujas ofensas suportais causam ainda menos sofrimento do que aquele que é causado por aqueles de nós, incrédulos e incrédulos, que - desejando parecer santos e afastados das influências do mundo, e a quem você concedeu a maior Graça de ampla ocasião para a oração, o jejum e a penitência - desperdiçar esta maior das Bênçãos perseguindo prazeres vis, depravados e sujos. Na verdade, qual é a melhor recompensa na terra do que a capacidade de passar nossas vidas em uma conversa íntima com Você, Nosso Santíssimo e Abençoado Jesus? No entanto, na nossa humildade e desprezo, viemos até vós sem implorar aos bons e santos sacerdotes para pastorear o vosso rebanho, não viemos para um aumento das vocações para a vida religiosa e consagrada, nem para as almas daqueles que são assassinados diariamente pelo aborto, nem para os que sofrem no purgatório, nem para um aumento da número de seus servos fiéis, na verdade nem mesmo para nossa própria santificação ou implorando-Lhe que nos abençoe com ainda mais fé e amor por você para que possamos eventualmente ser inspirados pelo Espírito Santo a procurá-Lo para essas intercessões muito mais sagradas. Näo por estes pedidos sagrados e puros, viemos até Você em oraèäo, mas ao invés disso, viemos até Você lamentando e lamentando sobre algum desconforto ou leve aborrecimento que devemos sofrer, alguma vaidade que näo podemos pagar por nós mesmos, ou com o desejo de um pedido igualmente depravado e ofensivo. Mas Vós, sempre Senhor Misericordioso, vedes a nossa misericordiosa e, na vossa Grande Bondade para com as vossas criaturas, cumprem estas vergonhosas petições de nós, miseráveis e miseráveis, pecadores. Você ama nos amar, Senhor. Se ao menos soubéssemos as profundezas do seu grande afeto por nós criaturas mais indignas - se soubéssemos o quanto mais o prazer é para Ti, nosso Deus, quando nos entregamos inteiramente a Ti, a fim de que Você, em Sua perfeição, nos faça servos puros e santos sobre os quais você pode conceder graças espirituais, consolações e sofrimento divino, um prazer que supera a profunda alegria que lhe traz ao ver os seus servos louvar e glorificar-vos no nosso uso religioso e piedoso dos bens materiais que Você nos concede para o nosso enriquecimento espiritual - não desperdiçaríamos tão prontamente o valioso pouco tempo que temos com você para pedir pedidos tão repugnantes e ofensivos como dinheiro, fama ou conforto. Em vez disso, se nós o amássemos verdadeiramente como Você nos ama, Meu Deus, imploraríamos que nos concedesse mais fé, amor e uma devoção cada vez maior a Ti, Meu Querido Senhor, para que possamos nos tornar melhores e mais santos servos Seus aqui na Terra. Oramos para que sejamos abençoados com intimidade com Ti, Nosso Abençoado Senhor, não para cumprir algum desejo mundano fugaz, mas para trazer a Sua Vontade sobre a Terra e, através disso, trazer mais almas - através de Sua Graça e apenas como seus instrumentos - das garras vil e malignas de Satanás para o Santo abraço da vossa Santa e Católica Igreja. Ó meu Deus, quanto o santo e as orações justas dos vossos servos consolam o vosso Precioso e Adorável Coração Sagrado. Que nos abençoe, Senhor, com tal Amor e devoção profunda por Ti, que nós, confiando em Ti, para nos dar tudo o que precisaríamos para cumprir a Sua Vondade para nós na Terra, viemos a você em oração pedindo apenas por estes mais piedosos e pedidos sinceros: rezar pela vossa Igreja e por todos os Seus servos, rezar pelos nossos sacerdotes em particular e implorar-vos pela sua santificação - que eles aumentem sempre o seu Amor por Ti, nosso Senhor - e rezar para que nos mantenha sempre a crescer na nossa devoção e amor por Ti. Não vos peçamos mais por aquilo que é egoísta e vaidoso. Purifica o coração dos teus servos, ó Deus meu, até que tudo o que desejas seja o que desejas. Cresçamos em devoção a Ti, Deus Nosso, até que não haja mais vontade em nós senão a Tua Sagrada e perfeita Vontade. Concedei-nos isto, imploramos-Te, nosso Senhor Amoroso e Belo, por intercessão de Sua Santa e Bem-Abençoada Mãe Maria. Amém.

Caríssimos Irmãos e Irmãs em Cristo, esta semana voltei a ler o “Caminho da Perfeição” de Santa Teresa de Ávila, e fiquei, como é habitual ao ler os seus escritos, profundamente tocado pelo seu profundo amor e respeito pelos nossos sacerdotes. A sua instrução para rezar continuamente pelos pastores da nossa Santa e Católica pareceu-me particularmente relevante para a nossa crise actual; ao ler as suas páginas familiares - páginas que li muitas vezes antes - comecei a sentir como se ela estivesse a chegar ao longo dos séculos e a escrever genuinamente estas páginas novas para nós hoje. Era como se ela estivesse nos implorando com a mais insaciável urgência para aumentar nossa devoção em oferecer incessantes orações por nossos sacerdotes, diáconos, bispos e religiosos. Devemos ouvir esta exortação dos santos santos, com a qual ela nos implora incessantemente para rezarmos fervorosamente pela nossa Igreja e pelos seus sacerdotes. Devemos orar para que se tornem pastores apropriados do rebanho de Nosso Senhor Abençoado. Devemos rezar com toda a urgência, irmãos e irmãs, para que sejam abençoados com o mais profundo amor e devoção de Nosso Adorável Jesus, a fim de que levem fielmente e com o coração puro, a sua mais santa e justa vocações.

Não devemos, minhas amadas irmãs, meus queridos irmãos, permitir que as nossas orações pelos nossos sacerdotes diminuam mesmo por um momento em que são estas orações que eles, e a Nossa Igreja, precisam tão desesperadamente agora mais do que jamais exigiram anteriormente. Nada conforta nossos senhores, o mais sagrado e abençoado coração, tanto quanto uma alma que, aceitando a graça de Seu chamado, entra voluntariamente na doce Salvação pela qual nosso bendito Senhor tão gloriosamente sofreu para ganhar para nós criaturas indignas e miseráveis do que, talvez, uma dessas preciosas poucas almas de Sua fiel que se une à Vontade de Deus entra no jugo suave das Ordens Sagradas; ou aquele que, respondendo ao Seu chamado ao serviço da Sua Ama Igreja através da profissão dos votos, se une ao belo serviço da vida religiosa ou consagrada. Que todos os Seus servos que se entregaram inteiramente a Ele como testemunhas visíveis e vivas da glória e verdade de Nossos Senhores prometem a vida eterna no mundo vindouro, e do Seu profundo amor pelas Suas criaturas aqui na terra, encorajem todos nós a buscar vidas mais santas e agradáveis ao serviço Dele, Nosso Deus.

Que nossos lábios, meu Precioso Senhor, nunca caiam em silêncio, e por isso que nós, almas miseráveis e infiéis, nunca cessem de implorar a você para chamar e santificar almas mais santas do que nós para a Sua Igreja. Que nós, pequenas almas, que sabemos que somos totalmente incapazes e indignos de fazer qualquer coisa em seu serviço, mas que nada mais desejamos do que fazer o que lhe traz a maior glória e consolação, sejamos sustentados por Vós, nosso Deus, em todas as nossas necessidades mundanas, para que nossas orações por um aumento no Santo servos e líderes eruditos da Sua Igreja podem ser continuamente oferecidos para Sua Glória maior. Que a colheita das almas seja abundante neste tempo em que a Sua Igreja precisa de um apelo cada vez maior às vocações e à vida santa. Por nossas orações que Sua promessa seja cumprida de que as Portas do Infernal nunca prevalecerão contra as de Seu Santíssimo e Católico Esposo, a Igreja. Que todos nós, a quem você pessoalmente chamou ao Seu serviço, e que não desejamos nada mais do que crescer em nosso agradecimento a Ti - nosso Abençoado e Adorável Jesus - sejamos capazes de esquecer-nos de nós mesmos e, por Vossa Graça, sermos ressuscitados da nossa miséria e depravação para servos fiéis a Ti, Nosso Senhor Abençoado. Que todos nós, meu Senhor, eu rezo, sejamos livres de todos os desejos e distrações mundanas para que nós, que vivemos vidas tão curtas e miseráveis aqui na Terra, possamos ser transformados por Vossa Graça em criaturas alegres cujos incessantes gritos de louvor e de agradecimento a Ti, nosso Senhor, nosso Deus, que é o mais merecedor de toda adoração e adoração, tragam sempre bênçãos e santidade sobre Seus sacerdotes, bispos, diáconos e religiosos. Mantenha-nos sempre em Seu Serviço, nós Lhe imploramos Ó Senhor, e não desperdicemos nossa liberdade que foi comprada para nós através de Sua paixão mais dolorosa em procurar por bobagens inúteis e insignificantes como nós depravados e vis criações são tão naturalmente inclinados a fazer. Em vez disso, meu doce Jesus, Eu imploro-lhe com todo o meu ser, com toda a paixão contida na minha alma, mantenha esse fogo de amor e paixão ardendo nos corações de todas as suas pequenas almas que Você trouxe para o Seu abraço amoroso. Que nós, que Você considerou dignos, mesmo em nossa mais miserável e humilde condição, sejamos aqueles que devem passar nossas vidas em oração, jejum e penitência, a fim de que Sua Igreja possa ser abençoada com um número cada vez maior de almas santas, justas, aprendidas e humildes em Seu serviço permaneçam sempre fiéis a nossa vocação. Que todos os que respondem ao Seu chamado, seus servos fiéis pelos quais rezamos com toda a sinceridade e incessante, meu Senhor, permaneçam puros e comprometidos com os votos que tão solenemente fizeram, aumentem todas as suas virtudes e conduzam fielmente o vosso rebanho nos vossos braços na vida vindória. Amém

Fechemos esta carta, queridos Irmãos e Irmãs em Cristo, rezando juntos uma oração da Pequena Ofício da Bem-Aventurada Virgem Maria - na verdade, peço-vos que vos juntem todos os dias a mim nesta liturgia muito benéfica - para que a nossa Igreja não se encontre enfraquecida, mas purificada por estes tempos de luta e de crise, e que Ela possa ser abençoada com muitos mais santos e justos sacerdotes, bispos, religiosos e leigos, a fim de que a Mensagem da Salvação, comprada para nós por nosso Senhor Abençoado, possa alcançar os ouvidos e penetrar os corações de todas as pessoas aqui na Terra agora e sem fim para as gerações vindouras até ao fim dos tempos:

Ó Maria, abençoada Mãe de Deus, sempre virgem, templo próprio dos senhores, santuário do Espírito Santo, só tu como nenhum outro agradou a nosso Senhor Jesus Cristo; reza pelo povo, intercede pelo clero, suplique por mulheres religiosas. Amém.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Written by Author
I write this blog anonymously so as not to tempt myself, who is so very weak, with social status or the other common pitfalls that come with engaging publicly. If the writings posted should bear any fruit it is by the Grace of God alone.